Declaração final da 20ª Conferência do Centro de Europeu de Fundações

Declaração final da 20ª Conferência do Centro de Europeu de Fundações

Os participantes da Conferência de Roma destacam a necessidade de respeitar os direitos humanos

Roma, 16 de maio de 2009 – Na sessão de encerramento da 20ª Conferência Anual do European Foundation Center (CEF), os delegados aprovaram, por aclamação, uma declaração confirmando seu acordo com os sentimentos expressos por Giorgio Napolitano, Presidente da República Italiana, em a sessão de abertura de 14 de maio, principalmente no que diz respeito aos crescentes perigos da xenofobia e intolerância.

Centro Europeu de Fundações (CEF)
Declaração da Conferência – Roma, 16 de maio de 2009

Nós, como participantes da Conferência Anual do Centro Europeu de Fundações, temos o prazer de nos encontrar em Roma. Nossa conferência abordou questões de pobreza e exclusão social. Ficamos muito animados com o discurso do Presidente da República da Itália, Giorgio Napolitano, na sessão de abertura de nossa conferência, durante a qual ele alertou sobre os crescentes perigos da xenofobia e intolerância. No entanto, é com grande pesar que testemunhamos o surgimento de um clima na Itália, que é sintomático de uma tendência geral em toda a Europa, que leva a medidas relacionadas a migrantes sem documentos que comprometem os direitos humanos básicos das pessoas.

Reconhecemos que a migração é uma questão complexa e desafiadora para todos os estados membros europeus. Como membros das Fundações, estamos comprometidos com uma Europa inclusiva e tolerante; trabalhamos para isso ao lado de cidadãos e organizações da sociedade civil, bem como com órgãos governamentais. Nós encorajamos fortemente os governos de todos os Estados membros a trabalharem individualmente, em conjunto e com as instituições da União Europeia, para criar uma estrutura para lidar com a migração de maneiras que respeitem verdadeiramente a dignidade de todos os seres humanos, conforme definido na Convenção Européia de Direitos Humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *