“Lojas de chineses e outros comércios”

Dia 15 de Maio às 18h00 no piso 4 do Museu do Oriente , mais uma sessão de DIÁLOGOS E VIAGENS – COMUNIDADES ASIÁTICAS EM PORTUGAL, iniciativa promovida pela Fundação Oriente e coordenada por Jorge Macaísta Malheiros (Professor do Centro de Estudos Geográficos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa), cujo objectivo é o de promover o diálogo entre “lusos” e comunidades asiáticas e contribuir para o fortalecimento das relações interculturais. Pretende-se ainda divulgar aspectos sociais e culturais associados às comunidades asiáticas residentes em Portugal bem como debater os contributos das comunidades asiáticas para as dinâmicas de transformação e inovação social das sociedades urbanas de Portugal e da Europa. Tempo ainda para divulgar resultados de estudos científicos sobre várias vertentes da imigração asiática para a Europa, que contribuam para desfazer mitos e estereótipos.

Ao longo das últimas décadas, tem-se verificado uma expansão no número de estabelecimentos comerciais de asiáticos em Portugal. Neste quadro, tem emergido a questão das “lojas chinesas” e das Chinatowns, as quais têm sido objecto de controvérsia em várias cidades europeias, entre as quais Lisboa.

Afinal, o comércio propriedade de asiáticos deve ou não estar espacialmente concentrado? Há localizações correctas e incorrectas para as lojas de proprietários de origem asiática? Os comerciantes asiáticos, designadamente chineses, têm privilégios de que não beneficiam os comerciantes autóctones em termos fiscais ou de acesso ao crédito; ou esta ideia não passa de um preconceito? E, tratando-se de um preconceito, qual é a sua intenção? E qual é o contributo destes estabelecimentos para o emprego, o produto e as receitas fiscais?

Estas são algumas das questões que se pretendem abordar num debate cujo enquadramento se situa ao nível do significado da presença de estabelecimentos comerciais de asiáticos para a dinâmica económica e o urbanismo das cidades em que se instalam.

Informação complementar:

Entrada livre – Sujeita a confirmação para dci@foriente.pt

Público-alvo: Adultos

Data: 8 De Maio 2009

Local: piso 4 do Museu do Oriente

Horário: 18h00 – 20h00

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *